31 de outubro de 2009

Lembranças musicais

TEXTO DE EXERCÍCIO (irei postar o texto corrigido)

Ouvi um dia de alguém, que a música transmite movimento. Acrescento que ela passa também lembranças, memórias.

É interessante como determinadas músicas trazem consigo histórias e seus intérpretes conseguem transpassar a emoção e transformam a música em demonstração de um sentimento.
Em nosso país há grandes cantoras, muitas intérpretes fabulosas e a “pequena notável”, como era costumada ser chamada, Elis Regina, interpretava as músicas com emoção, chegava chorar em algumas delas.

Tem uma música sua que em particular me emociona, “Arrastão”, Elis consegue através da entonação de sua voz transmitir em certos momentos o balanço do mar. Como se estivéssemos dentro do contexto que a letra da música nos diz.

Essa música juntamente com sua interpretação tem o poder de transportar a outra realidade. A música deve além de nos transmitir a idéia de movimento, ela deve ser capaz de fazer parte de nossa vivência, se tornando a trilha sonora do momento. Uma música sempre terá sua carga de emoções e lembranças.

Trecho da música:



Letra

Eh! tem jangada no mar
Eh! eh! eh! Hoje tem arrastão
Eh! Todo mundo pescar
Chega de sombra, João Jovi
Olha o arrastão entrando no mar sem fim

É meu irmão me traz Iemanjá prá mim
Minha Santa Bárbara me abençoai
Quero me casar com Janaína

Eh! Puxa bem devagar
Eh! eh! eh! Já vem vindo o arrastão
Eh! É a rainha do mar
Vem, vem na rede João prá mim
Valha-me meu Nosso Senhor do Bonfim
Nunca jamais se viu tanto peixe assim